Artigos

Aprenda mais com a ENSUS. Cadastre-se

12 de setembro de 2016
523

FADIGA – A principal causa raiz das falhas mecânicas – O que é? Como Identificar e Prevenir?

A maioria dos componentes mecânicos estão submetidos a carregamentos cíclicos que estão sujeitos a falha por fadiga. Diversas pesquisas sobre fadiga foram feitas para identificar o percentual de falhas mecânicas que são ocasionadas por este fenômeno, e pode-se dizer que esse número é de 50 a 90% de todas as falhas mecânicas. [INCRÍVEL]
8 de setembro de 2016
Capturar

ELEMENTOS FINITOS – A BASE

Etapas do método de Elementos Finitos, ou seja, o que você precisa fazer desde possuir a geometria em CAD até obter os resultados. Também comentamos sobre as várias áreas existentes dentro da análise de Elementos Finitos – conhecer esses conceitos é de extrema importância para você analisar as várias aplicabilidades do método, como também ter ideia de como essa área é vasta.
31 de agosto de 2016
Capturar

ELEMENTOS FINITOS – QUANDO E PORQUE

É curioso saber quais são as áreas e situações em que a análise de Elementos Finitos é utilizada. Confesso que até hoje ficamos surpreso com os casos e solicitações que aparecem para a Ensus – temos muito interesse e motivação em descobrir sempre mais onde podemos utilizar essa ferramenta. Preparamos um vídeo sobre quando e porque utilizar a análise de Elementos Finitos. Separamos os principais motivos, como também utilizamos casos reais para explicar cada caso.
29 de agosto de 2016
Capturar

ELEMENTOS FINITOS – PRIMEIROS PASSOS

A análise de Elementos Finitos já é uma necessidade no mundo moderno, trazendo benefícios no desenvolvimento de produtos, análise de falhas e outras situações em equipamentos nos mais diversos ramos, partindo de um automóvel até uma prótese de implante. Nesse primeiro vídeo, falamos sobre a importância de entender o que está por trás do software, como também a relação entre inserir dados e receber resultados bons ou ruins.
16 de agosto de 2016
Aula

AULA 07 – FADIGA

A sétima aula, é a continuação do método e-N onde são mostradas as principais diferenças das propriedades monotônicas com as cíclicas, como também o desfecho final do método. No último slide, é apresentado a equação do método e-N, que deve ser muito bem compreendida para que o cálculo de fadiga possa ser realizado. Os conceitos apresentados nessa aula não são de fácil entendimento, e, portanto, recomendamos que você veja o vídeo com calma, como também continuem as pesquisas sobre o assunto. É claro que estamos aqui para qualquer dúvida que tiverem.
8 de agosto de 2016
Aula

AULA 06 – FADIGA

A sexta aula, fala sobre o método e-N que considera a deformação total pelo número de ciclos do componente. Esse método acaba sendo mais preciso que o método S-N, principalmente por levar em consideração as deformações plásticas existentes, como também as características cíclicas do material. Esse método pode ser utilizado para fadiga de baixo ciclo, como por exemplo, em vasos de pressão que estão submetidos a poucos ciclos durante toda sua vida operacional.